Cadernos NAUI > Edição Atual > Vol. 10, n° 18, jan-jun 2021

ISSN 2358-2448

 

FOCO E ESCOPO HISTÓRICO EDIÇÃO ATUAL   EDIÇÕES ANTERIORES   DIRETRIZES PARA AUTORES   CORPO EDITORIAL   CONTATO  

Editora Chefe
Alicia Norma González de Castells

Editores
Dagoberto Bordin
Rafael de Oliveira Rodrigues
Simone Lira
Vladimir Fernando Stello

Editores do dosssiê
André Soares
Mariela Silveira
Paula Nascimento
Paulo Raposo

Comissão Editorial
Ana Cristina Rodrigues Guimarães
Camila Sissa Antunes
Dagoberto Bordin
Fabricio Rocha da Silva
João Paulo Schwerz
Nauíra Zanardo Zanin
Paola Luciana R. Peciar
Patrícia Martins
Rafael de Oliveira Rodrigues
Simone Lira

Diagramação e formatação
Artur Hugo da Rosa
Barbara Mendes Lima
Fernanda Luiza Godinho
Moema Cristina Parode

Imagem de Capa
Redefining the Power III
(com Miguel Prince),
de Kiluanji Kia Henda,
gentilmente cedido para esta 
edição


Editorial

Prezados Leitores,

Apresentamos mais um número da revista eletrônica criada e editada pelo Núcleo de Pesquisa Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural (NAUI), do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), publicação semestral que reúne artigos inéditos, resenhas, traduções, entrevistas, dossiês temáticos e ensaios fotográficos.  Cadernos NAUI nasce do desejo de compartilhar pesquisas e reflexões sobre antropologia urbana, patrimônio cultural e memória, a partir de uma visão integrada do fenômeno social e das relações de diversos atores sociais.

Neste número, apresentamos o dossiê temático “Patrimônios (in)visíveis, colonialidade(s) em escuta”, organizado por André Soares, Mariela Silveira, Paula Nascimento e Paulo Raposo. Sob a temática dos estudos do Patrimônio Cultural e os Estudos Decoloniais, o dossiê contribui por um lado, para dar visibilidade ao Patrimônio Cultural, desde o ponto de vista das populações que foram submetidas a viver em contextos coloniais. Por outro, se propõe exercitar o lugar de escuta, uma atitude antropológica cada vez mais necessária em contextos contemporâneos de descolonização epistemológica

Agradecemos aos organizadores do dossiê e a todos os autores e pareceristas que contribuíram com nossa revista. Esperamos que esta publicação estimule a todos para a produção de novos materiais que possam fazer o Cadernos NAUI cada vez mais uma referência na bibliografia sobre patrimônio cultural e dinâmicas urbanas.

Desejamos boa leitura a todos!

Os editores.


Dossiê  Patrimônios (in)visíveis, colonialidade(s) em escuta

 

Acesse aqui a edição completa

Editorial

Sumário

Apresentação

Artigos

Representatividade Afro-brasileira no Patrimônio Material Urbano: avanços e desafios
Fernanda Rocha de Oliveira

As Fortalezas de Anhatomirim, Ratones e Ponta Grossa: ensino de história, patrimônio cultural e decolonialidade
Elison Antonio Paim e Pedro Mülbersted Pereira 

Arte y fronteras simbólicas en el centro de la Ciudad de México. El caso de la Colonia Guerrero
Orlando Elorza Guzmán

Territorialidades, identidades quilombolas e políticas públicas
José Jaime Freitas Macedo

A disputa em torno do patrimônio no século XXI: uma análise das ações no Brasil e em Portugal
Solange Gomes Valladão

As estátuas também se abatem: momentos da descolonização em Moçambique
Maria Paula Meneses

O edificado colonial de Luanda e o fazer histórico em sala de aula: potencialidades e caminhos para falarmos de história pública e lugares de memória
Yuri Manuel Francisco Agostinho

Pista de skate da Trindade: imaterialidades e vestígios de memória
Ana Paula Soares Roman; Ilione Lima Alves Coutinho; Rubia Stein do Nascimento e Thainá de Castro

Quilombo do Piolho, Teresa de Benguela e Teatro Negro
Luciano Cachimbo e Renata Kabilaewatala 

No entrecruzar da História, Patrimônio e Educação Étnico-Racial – Uma experiência decolonial possível na Educação Básica
Janaina Amorim da Silva e Mylene da Silva Pontes

 

 


Esta edição está indexada em:

DOAJ – Directory of Open Access Journals

Google Acadêmico

Sumários.org