Cadernos NAUI > Critérios de avaliação

Ao Conselho Editorial reserva-se o direito de publicar ou não os trabalhos recebidos, comprometendo-se a informar os/as autores/as, num prazo razoável, da decisão a que tenha chegado. Essa decisão é apoiada em um processo de apreciação dos artigos baseado no sistema de avaliação por pares, que é realizado em duas etapas sucessivas:uma apreciação inicial por parte do Conselho Editorial, que decide sobre a submissão ou não dos artigos à fase subsequente de apreciação por parte de avaliadores/as, aos quais reserva-se o anonimato. Esta decisão é tomada ponderando, por um lado, critérios de pertinência, interesse e qualidade, definidos em consonância com a política editorial da revista; e, por outro lado, uma apreciação pormenorizada dos artigos por avaliadores/as anônimos/as, a quem são pedidos pareceres que fundamentarão a decisão final quanto à publicação ou não dos artigos.

O Conselho editorial pode sugerir aos/às autores/as a revisão dos artigos propostos, mediante as indicações constantes dos pareceres recebidos, e condicionar a sua publicação à uma nova apreciação.

No caso de artigos submetidos e não aceites para publicação, a Revista eletrônica Cadernos NAUI compromete-se em comunicar os/as autores/as as razões de tal decisão, podendo, quando os artigos tiverem passado à segunda etapa de apreciação, juntar os pareceres de que foram objeto.

A relevância do artigo, sua originalidade e metodologia constam como critérios. Assim como uma argumentação teórica consistente e uma bibliografia atualizada e adequada ao tema proposto.