Pesquisadores

Ana Cristina Rodrigues Guimarães Doutora em Antropologia Social pela Universidade de Buenos Aires, possui graduação em Direito pela Universidade Federal Fluminense (1997) com especialização em Direito Tributário pela Fundação Getúlio Vargas (2004) e bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007).
Camila Sissa Antunes Doutora em Antropologia Social pelo PPGAS/UFSC (2015), mestre em Antropologia Social pelo PPGAS/ UFSC (2009), bacharel em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2007). Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana. Atualmente é docente titular de Antropologia da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UnoChapecó). É membro do Grupo de pesquisa Cidades: cultura, urbanização e desenvolvimento e também da Rede de Pesquisadores sobre Cidades Médias – RECIME e do NAUI (Núcleo de Pesquisas Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural – UFSC).
Claudia Peterlini Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina, possui Graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (2008) e Mestrado em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade pela Universidade Federal de Santa Catarina (2012).
Cleidi Marília Caivano Pedroso de Alburquerque: Possui graduação em Belas Artespela Universidade Federal de Minas Gerais (1971) e mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (1983). Atualmente é professora efetiva da Universidade do Estado de Santa Catarina. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia da Arte, atuando principalmente nos seguintes temas: ensino de artes, pesquisa, música, cultura catarinense e estética. É pesquisadora do Grupo de Pesquisa Práticas Interdisciplinares em Sociabilidades e Territórios/PEST/UDESC.
Dagoberto José Bordin: Doutor em Antropologia Social na Universidade Federal de Santa Catarina, com mestrado em Ciências da Linguagem pela Universidade do Sul de Santa Catarina (2005), especialização em Teoria da Comunicação pela Fundação Casper Líbero (1998), e graduação em Comunicação Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1985).
Fátima Satsuki de Araujo Iino  Mestra em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina, na linha de pesquisa Antropologia Urbana do Patrimônio. Bacharela em ciências sociais, graduada em 2012, pela Universidade Estadual de Londrina (UEL).
Jeana Laura da Cunha Santos: Possui graduação em Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993), mestrado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (1997) e doutorado em Literatura pela Universidade Federal de Santa Catarina (2002). Realizou pós-doutorado junto ao Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da UFSC. Foi professora na Unisul/SC, Estácio de Sá, Ielusc e atuou como professora substituta junto à Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência em Jornalismo e na área de Literatura, com ênfase em Teoria Literária, atuando principalmente nos seguintes temas: jornalismo impresso, história do jornalismo, literatura, crônica, Machado de Assis, Walter Benjamin. Atualmente é pós-doutoranda junto ao Programa de Pós-Graduação em Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, onde integra o Grupo de Pesquisa objETHOS – Observatório da Ética Jornalística.
Karla Ferreira Knierim Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005). Especialização em Gestão de Pessoas e Comportamento Organizacional pela ESAB (2009).
Letícia Nardi Arquiteta e urbanista graduada pela Universidade Federal do Paraná (1999), com especialização em Gestão do Patrimônio Cultural Integrado ao Planejamento Urbano da América Latina, pelo Programa ITUC/AL da Universidade Federal de Pernambuco e do Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada (2003). Mestre em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade, PGAU-Cidade, UFSC, sendo bolsista Capes (2011). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Preservação do Patrimônio Cultural. É organizadora do livro Patrimônio Cultural e Cidade Contemporânea, em conjunto com Alicia Norma de González Castells; e autora do livro Centro histórico: entre a preservação e a dinâmica urbana.
Manuel Ferreira Lima Filho Realizou estágio Pós-Doutoral Sênior em Antropologia no Museu Nacional- Universidade Federal do Rio de Janeiro com bolsa da FAPERJ (2014/2015). Foi visiting scholar no Departamento de Antropologia da Washington University of Sain Louis- USA (2014) com bolsa da Fulbright-Capes. Realizou estágio Pós-Doutoral em Antropologia no The College of William and Mary (EUA), 2007. É doutor em Antropologia Social e Cultural pela Universidade de Brasília (1998), quando foi bolsista da Fulbrigth/CAPES na Harvard University e University of Chicago (1994/95) com bolsa Sanduíche. Cursou o Mestrado em Antropologia Social na Universidade de Brasília (1991) e a Especialização em Antropologia Social (1987) na Universidade Federal de Goiás. Possui Graduação em Geologia pela Universidade Federal do Pará, (1985). Foi Visiting Scholar da Smithsonian Institution (EUA) no National Museum of Natural History. Foi Visiting Scholar na Rockfeller Library/Colonial Williamsburg Foundation (EUA), 2007. Foi coordenador do Mestrado Profissional em Gestão do Patrimônio Cultural e Professor Titular da PUC- GO/Instituto Goiano de Pré-História e Antropologia.
Maria José Reis Possui Doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP 1998); Mestrado em Ciências Sociais (área de concentração em Arqueologia), pela Universidade de São Paulo (USP 1980); graduação em História (bacharelado e licenciatura) pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC – 1967). Atualmente é professora aposentada e pesquisadora voluntária da UFSC, e professora titular da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI).
Maria Soledad Etcheverry Orchard Possui graduação em Licenciatura no Curso de Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (1981), mestrado em Ciências Sociais – Antropologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (1987) e doutorado em Sociologia e Antropologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2002). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal de Santa Catarina. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia do Trabalho, atuando principalmente nos seguintes temas: empregabilidade, narrativas, privatização, reestruturação produtiva e políticas públicas. Atualmente desenvolve pesquisa na área de Sociologia Econômica e integra um núcleo de pesquisa nessa área.
Mariela Felisbino da Silveira: Doutoranda em Antropologia no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa em co-tutela com o Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS) da Universidade Federal de Santa Catarina. Mestra em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Bacharel e Licenciada em Ciências Sociais pela mesma instituição. Atou como consultora em Antropologia na Superintendência do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN/SC), no âmbito do projeto “Difusão da Política do Patrimônio Cultural Imaterial no Brasil”, desenvolvido pela UNESCO.
Micheline Ramos de Oliveira: Doutora e Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduada em Psicologia. Atualmente é professora do Departamento de Antropologia Social da Universidade Federal de Santa Catarina. Professora da Faculdade Estácio de Sá/SC (FESSC) de 2009 até 2011. Entre os anos de 2002 e 2004 lecionou na Universidade para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí e na FEHH (atual UDESC/Campus Alto Vale do Itajaí). Participou entre 2000 e 2009 de projetos de pesquisa no PPGAS/UFSC e PPGAS/UFRGS relacionados a estética urbana, trajetórias sociais, itinerários urbanos, memória coletiva e formas de sociabilidade no mundo urbano contemporâneo.
Natalia Pérez Torres Doutoranda do Programa de Pós-graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina. Mestre em Urbanismo, História e Arquitetura da Cidade da Universidade Federal de Santa Catarina (2015). Especialista em Espaço Público da Pontificia Universidad Javeriana (2011). Possui graduação em Licenciatura em Ciências Sociais da Universidad Pedagógica Nacional (2006). Experiência no desenvolvimento de estrategias pedagógicas para a implementação de programas de cultura cidadã e mobilidade urbana. Tem atuado como assessora e pesquisadora de conteúdos educativos na televisão pública da Colômbia.
Natália Fonseca de Abreu Rangel Possui graduação em Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Catarina (2015). Está finalizando Licenciatura em Ciências Sociais com TCL sob orientação da professora dra. Marcia da Silva Mazon com título de “Redes da internet como meio educativo sobre gordofobia”. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia Urbana.
Paulo da Costa Pereira Neto Mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina. Licenciado em Sociologia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2008). Em 2010 defendeu o trabalho de conclusão de curso (TCC) que confere o grau de “bacharel em antropologia” pela mesma instituição.
Rafael Victorino Devos Possui graduação em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001) e mestrado (2003) e doutorado (2007) em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, com estágio de doutorado em Antropologia Visual realizado na Université de Paris VII, Paris, França. Atualmente é Professor no Departamento de Antropologia da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Docente no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social/UFSC. É pesquisador associado ao Núcleo de Antropologia Visual-NAVI/UFSC, ao Núcleo Dinâmicas Urbanas e Patrimônio Cultural-NAUI/UFSC e ao Banco de Imagens e Efeitos Visuais, Laboratório de Antropologia Social, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul-BIEV/UFSC. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Visual, Antropologia Urbana e Memoria Coletiva, atuando principalmente nos seguintes temas: itinerários de grupos urbanos, antropologia visual, documentário etnográfico, memória coletiva, meio ambiente e cinema.
Simone Lira da Silva Doutora em Antropologia Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (2015) com período de estágio Sanduíche na Universidade Sapienza di Roma, financiado pela bolsa PDSE/CAPES. Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal de Santa Maria (2007) e Mestrado pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Santa Maria (2010). Atuou como professora substituta na Universidade Federal da Fronteira Sul em 2016. Foi orientadora de trabalhos de conclusão de curso na Especialização em Educação, Pobreza e Desigualdade Social da UFSC, no segundo semestre de 2016.
Simone Litwin Prestes Atua nos seguintes temas: Antropologia Urbana, com ênfase em Processos Urbanos e Patrimônio Cultural Material, Imaterial e Ambiental; Planejamento e Projeto do Espaço Urbano, com ênfase em Planejamento Participativo e Metodologia de Ensino; e Fotografia, especialmente arquitetônica, urbana e de paisagens.